Letra da música
Beiçudo da Bossoroca
Xiru Missioneiro

CD Beiçudo da Bossoroca (2008)


Petiço véio cabeçudo e retaco pirado em casco e saco
Nas crina te massaroca
Te truche junto quando vim de uma tropeada
Quando passei de cruzada nos fundão da bossoroca
Para nos pátio como os porco e as galinha
E na porta da cozinha comê toco de mandioca

Bamo que bamo e não adianta baboseira
Que eu gosto mesmo é do estouro da pipoca
Tu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteira
Cuiúdo véio beiçudo da bossoroca

Na lua boa vou mandá te passá a faca
Enquanto cura da capa vou dá jeito em te domá
O meu guri mandô fazê uma bobachinha
E nem que seja pra vortinha ele qué te enciá
Pra puxá água bota as vaca e vortea oveia
Não adianta murchá oreia tu vai tê que te amansá

Bamo que bamo e não adianta baboseira
Que eu gosto mesmo é do estouro da pipoca
Tu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteira
Cuiúdo véio beiçudo da bossoroca

Eu faço as rédeas o ferreiro faz o freio
Teu avô te dá o arreio teu padrinho um par de espora
A tuas bota acho que ainda te serve
Pode ser que tu conserve a tradição de outrora
Ajuda o pai, cuidá o gado e as oveia
Te enforquia e te cambeia assobiando campo afora

Bamo que bamo e não adianta baboseira
Que eu gosto mesmo é do estouro da pipoca
Tu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteira
Cuiúdo véio beiçudo da bossoroca

E mais adiante se tu gostá do serviço
Nóis larguemo esse petiço e arrumemo outro pelungo
E a nossa luta desse jeito sempre vai
Vê se fais igual teu pai passa no lombo dos matungo
Fim de semana cuido a estância e campereio
E no sábado cambeio e vou dançar nalgum surungo

Bamo que bamo e não adianta baboseira
Que eu gosto mesmo é do estouro da pipoca
Tu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteira
Cuiúdo véio beiçudo da bossoroca

Por nelson de campos


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RETACO: Vivente de pequena estatura, porém, entroncado e forte.

ESTOURO: Dispersão de tropa em todas as direções.

GURI: menino, garoto (Se usa em outras partes do Brasil)

BOTA: Calçado com cano (curto, médio ou longo), feito de couro.

ESTÂNCIA: Grande estabelecimento rural (latifúndio) com uma área de 4.356 hectares (50 quadras de sesmaria ou uma légua) até 13.068 hectares (150 quadras de sesmaria ou três léguas), dividida em Fazendas e estas em invernadas.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Beiçudo da bossoroca petiço véio cabeçudo e retaco pirado em casco e saconas crina te massarocate truche junto quando vim de uma tropeadaquando passei de cruzada nos fundão da bossorocapara nos pátio como os porco e as galinhae na porta da cozinha comê toco de mandiocabamo que bamo e não adianta baboseiraque eu gosto mesmo é do estouro da pipocatu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteiracuiúdo véio beiçudo da bossorocana lua boa vou mandá te passá a facaenquanto cura da capa vou dá jeito em te domáo meu guri mandô fazê uma bobachinhae nem que seja pra vortinha ele qué te enciápra puxá água bota as vaca e vortea oveianão adianta murchá oreia tu vai tê que te amansábamo que bamo e não adianta baboseiraque eu gosto mesmo é do estouro da pipocatu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteiracuiúdo véio beiçudo da bossorocaeu faço as rédeas o ferreiro faz o freioteu avô te dá o arreio teu padrinho um par de esporaa tuas bota acho que ainda te servepode ser que tu conserve a tradição de outroraajuda o pai, cuidá o gado e as oveia te enforquia e te cambeia assobiando campo aforabamo que bamo e não adianta baboseiraque eu gosto mesmo é do estouro da pipocatu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteiracuiúdo véio beiçudo da bossorocae mais adiante se tu gostá do serviçonóis larguemo esse petiço e arrumemo outro pelungoe a nossa luta desse jeito sempre vaivê se fais igual teu pai passa no lombo dos matungofim de semana cuido a estância e campereioe no sábado cambeio e vou dançar nalgum surungobamo que bamo e não adianta baboseiraque eu gosto mesmo é do estouro da pipocatu arrasta o toso e eu te ajunto na açoiteiracuiúdo véio beiçudo da bossorocapor nelson de campos
Beiçudo da Bossoroca de Xiru Missioneiro

Com uma trajetória de sucesso Xiru Missioneiro em seu CD Beiçudo da Bossoroca, lançado em 2008, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Xiru Missioneiro.

Parceiros