Letra da música
As Gaitas de Minha Terra
João Chagas Leite

LP Pampa 2000 (1994)


As mãos que passeia loucas em tempestiva harmonia
Sobre as glebas do silencio semeiam grãos de alegria.
E quando eglode o espanto que vai em cada semente
Há sempre um dia de festa no olhar de cada vivente.

Em seus duelo de vento as notas em convergência
Trazem a alma do povo que vive nesta querência.
E onde essa força larga que aos gaúchos contagia
Nos pialam com seus laços trançado em arte e magia

E a melodia que voa, povoa ranchos e vilas
E transpassa enquanto envolve os corações ao ouvi-las

Em seus duelo de vento as notas em convergência
Trazem a alma da gente que vive nesta querência.
E onde essa força larga que aos gaúchos contagia
Nos pealam com seus laços trançado com arte e magia


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

POVO: Vila, distrito.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) As mãos que passeia loucas em tempestiva harmonia sobre as glebas do silencio semeiam grãos de alegria. e quando eglode o espanto que vai em cada semente há sempre um dia de festa no olhar de cada vivente.
Pampa 2000 de João Chagas Leite

Com uma trajetória de sucesso João Chagas Leite em seu LP Pampa 2000, lançado em 1994, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de João Chagas Leite.

Parceiros