Letra da música
Batismo de Sal
Berenice Azambuja

LP Xote Largado (1986)


Nos caminhos desta vida que a gente percorre
Sem saber se anda, se espera ou se morre
Sem saber se canta, partir ou chegar
Peregrino da saudade, da canção ternura

Meus olhos apontam o fim da procura
Num caminho livre a beira do mar
Guaica, guaica, namorada do céu e do mar

Meu batismo de sal foi aqui
Tua areia, teu sol, meu lugar

Quem quiser seguir comigo, ouvir o som da vida
Devolver ao peito esta fé perdida
Quero um horizonte de pegar com a mão
Venha coração aberto, ver minha guarita

Onde a natureza se fez mais bonita
E um ar de ciúme se tornou canção

Os meus olhos apontam o fim da procura
Num caminho livre a beira do mar
Guaica, guaica, namorada do céu e do mar

Meu batismo de sal foi aqui
Tua areia, teu sol, meu lugar

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Batismo de salNos caminhos desta vida que a gente percorreSem saber se anda, se espera ou se morreSem saber se canta, partir ou chegarPeregrino da saudade, da canção ternuraMeus olhos apontam o fim da procuraNum caminho livre a beira do marGuaica, guaica, namorada do céu e do marMeu batismo de sal foi aquiTua areia, teu sol, meu lugarQuem quiser seguir comigo, ouvir o som da vidaDevolver ao peito esta fé perdidaQuero um horizonte de pegar com a mãoVenha coração aberto, ver minha guaritaOnde a natureza se fez mais bonitaE um ar de ciúme se tornou cançãoOs meus olhos apontam o fim da procuraNum caminho livre a beira do marGuaica, guaica, namorada do céu e do marMeu batismo de sal foi aquiTua areia, teu sol, meu lugar
Xote Largado de Berenice Azambuja

Com uma trajetória de sucesso Berenice Azambuja em seu LP Xote Largado, lançado em 1986, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Berenice Azambuja.

Parceiros