Letra da música
À Santa Helena Ausente
Jari Terres

CD O Melhor dos Festivais (2000)


Andei ausente, santa helena antiga e volvi aos poucos como quem retorna
Vim juntar lembranças que andavam perdidas e botar de novo meus sonhos na forma

Os meus olhos tinham nas retinas casas brancas imagens que guardei por tempos
Cerca de pedras, sombra de figueiras velhas guerreiras que moldaram ventos

(juntei nas estradas dessas que se vão tantas palavras pra cantar pra ti
E continuar aquele verso antigo que pelo meio deixei por aqui)
Pra quem chega todo tempo é pouco pra estanciar recuerdos que andavam à toa
Feito meu gateado de lombo lavado que bebe a distância na água da lagoa

Arreio e esporas se pararam mansas junto ao cavalete do mesmo galpão
Memorial do tempo que ainda guarda versos e a minha história num fogo de chão

(pra quem volta aos poucos como pra ficar santa helena ausente se a saudade aperta
E achar pousada numa sombra antiga na querência amiga de porteira aberta


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

QUERÊNCIA: Lugar onde se gosta de viver; se quer viver; lugar do bem-querer.

PORTEIRA: Espaço seccionado numa cerca.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) andei ausente, santa helena antiga e volvi aos poucos como quem retorna vim juntar lembranças que andavam perdidas e botar de novo meus sonhos na forma os meus olhos tinham nas retinas casas brancas imagens que guardei por tempos cerca de pedras, sombra de figueiras velhas guerreiras que moldaram ventos
O Melhor dos Festivais de Jari Terres

Com uma trajetória de sucesso Jari Terres em seu CD O Melhor dos Festivais, lançado em 2000, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Jari Terres.

Parceiros