Letra da música
Sorte Amor
Elton Saldanha

CD Bando de Loco (1996)


Duas luzes azuladas teu olhar cheio de estrelas
Num horizonte sem fim
Meu destino de a cavalo anda na boca da noite chamando por mim
Cruz credo espirito santo um amor baixou em mim
Me corta a ferro de esporas, virado a tirintimtim
Ai, ai amor solidão é couro de guacha batendo em mim
Eu colho flor de quebranto pelas patas do cavalo
Olho grosso eu desencanto com meus colotes de galo
Ai, ai amor, amor é cachaça boa, pra se beber no gargalo
Oigalê solidão braba se arrasta largando brasa
Nas patas do meu sebruno tu não me conhece peste
Sou cria de são corcóveo e o diabo foi meu aluno
Sorte flor sorte flor
Meu trevo de quatro folhas, é o teu amor
Xá pra lá alma penada eu não vou me santiguá
Eu descruzo a encruzilhada meu chamego é um saravá
Ai, ai amor tenho a luz de um novo amor pra me guiar
Azarico da miúda ai um raio ao deus dará
Benzo com canha e arruda amor e fogo oxalá
Ai, ai amor este teu beijo marcado é teu patuá

Compartilhe

(letra e música para ouvir) duas luzes azuladas teu olhar cheio de estrelas num horizonte sem fim meu destino de a cavalo anda na boca da noite chamando por mim cruz credo espirito santo um amor baixou em mim
Bando de Loco de Elton Saldanha

Com uma trajetória de sucesso Elton Saldanha em seu CD Bando de Loco, lançado em 1996, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Elton Saldanha.

Parceiros