Letra da música
Destino de Campanha
Ramão Missioneiro

CD Orgulho Missioneiro (2012)


Vendeu o basto p?rum vizinho,
Pra outro, pelego e xergão;
Preparos de corda forte,
Carona, cincha e cinchão!
E feito tantos se desfez
Mesmo doendo o coração
Foi o sogueiro da lida
E o guaipeca de estimação.

Desde a barrosa do leite,
Comprada a prestação,
Mesmo delgada se foi,
Co?as outras de caminhão
P?rum matadouro no povo,
Quanto à plata meu irmão,
Pagou o banco e o bulicho
Pouco sobrou em sua mão.

Pior que isso, foi ver
O caçula, meio chorão,
Pedindo que não vendesse
A cordeona de botão;
O que é matéria se busca
Talvez custe - talvez não
Porém cifra nenhuma compra
O que é honra e tradição!

Assim perdeu tudo que tinha
Terra, carroça e galpão...
Para pagar os impostos
Destinados pra nação.
E pra família que produzia
Veja a triste situação,
Restou as margens da cidade
E as lembranças lá do rincão!


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

BASTO: Tipo de arreio.

CINCHA: Apero da encilha que serve para apertar os arreios.

GUAIPECA: Cãozinho ordinário.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) vendeu o basto p?rum vizinho, pra outro, pelego e xergão; preparos de corda forte, carona, cincha e cinchão!
Orgulho Missioneiro de Ramão Missioneiro

Com uma trajetória de sucesso Ramão Missioneiro em seu CD Orgulho Missioneiro, lançado em 2012, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Ramão Missioneiro.

Parceiros