Letra da música
Orgulho Missioneiro
Ramão Missioneiro

CD Orgulho Missioneiro (2012)


Peço licença senhores
Para esparramar meu canto
E a todo lugar que ande
Exaltar meu pago santo.
Um orgulho que se expande
Com minha guitarra em pranto.
E me tapo de alma grande.
Com o missioneiro manto.

Tem o sangue guarany
Correndo dentro das veias,
Quem tem raiz por aqui
Não teme parada feia.
Sempre que eu me perdi
Vim me encontrar nesta aldeia
A sepé sempre segui,
No clarão da lua cheia.

Tenho as franjas do meu pala
Tisnadas de rubra poeira
E um sotaque na fala
Que herdei da missão guerreira.
Tudo que trago na mala
É devoção verdadeira
Por um pago sem iguala
Minha terra missioneira.

Riqueza não me seduz
E nunca tive padrinho.
Se o ferro branco reluz,
Tranço a folha sozinho.
Sou eu quem apaga a luz
Enquanto houver gaita e vinho,
Sou igual ao avestruz
Que nunca abandona o ninho.

Respeito à crença divina
Com fé em nosso senhor,
Mas quando a missa termina
Eu saio a campear amor.
Sei que o olhar de uma china
Sempre procura o cantor,
Se deve a isso minha sina
Guitarreiro e payador.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PAGO: Lugar em que se nasce, de origem

CAMPEAR: Procurar ou buscar no campo.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) peço licença senhores para esparramar meu canto e a todo lugar que ande exaltar meu pago santo.
Orgulho Missioneiro de Ramão Missioneiro

Com uma trajetória de sucesso Ramão Missioneiro em seu CD Orgulho Missioneiro, lançado em 2012, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Ramão Missioneiro.

Parceiros