Letra da música
Lamentos
Ramão Missioneiro

CD Orgulho Missioneiro (2012)


Meu lamento de poeta,
De cantor e guitarreiro
É por ver a natureza
Consumida por dinheiro
Meu canto pede atenção
Aos filhos desta nação
E ao meu povo missioneiro!

É arado rasgando fundo
Todo o verde da colina,
É muito desmatamento,
Na minha terra sulina.
São tantos e tantos danos...
Que dentro de poucos anos,
O nosso mato termina.

E quando vou pra cidade
É cada vez mais poluição
E o político influente
Faz descaso a situação.
Só pensa em desviar dinheiro
E vender pro estrangeiro
O que é nosso meu irmão.

Meu lamento é de saudade
Dos banhos lá no lajeado;
Da piazada em alarido
Pescando piava e pintado.
Em águas que eram puras,
Havia vida e fartura
Hoje está tudo mudado.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

POVO: Vila, distrito.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) meu lamento de poeta, de cantor e guitarreiro É por ver a natureza consumida por dinheiro
Orgulho Missioneiro de Ramão Missioneiro

Com uma trajetória de sucesso Ramão Missioneiro em seu CD Orgulho Missioneiro, lançado em 2012, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Ramão Missioneiro.

Parceiros