Letra da música
Baile da Goteira
Os Buenachos

CD 30 Anos (2010)


Esta música está disponível para ouvir

Fandango nos olhos d´agua, bochincho de noite inteira
Faça chuva ou tempo bom, com luar ou com goteira
Gostoso é dançar juntinho, no compasso da venera
No salão da tia cléia, tem uns buraco nas telha
Baile em noite de chuva, lá não levanta poeira
Gaiteiro não para quieto, se esquivando da goteira

Encosta morena encosta, dançando toda faceira
Me agarra que eu me derreto, florzinha da corticeira

La pucha, que baile bom, de apartar na porteira
Eu enlaço uma morena, agarrado nas cadeiras
E o gaiteiro se embalando, sapecando uma vaneira
Zoinho da cor do céu, boquinha toda vermelha
Quero sugar o teu mel, retocando a noite inteira
É hoje que eu me acabo, nos braços desta trigueira

O gaiteiro era dos buenos, não era qualquer porqueira
Tocava se defendendo, dos pingos da tal goteira
E a indiada intreverada, dançando muita vaneira
Com a morena na garupa, vou-me embora pra fronteira
A trote vou escutando os embalos da vaneira
E o gaiteiro balançando, fugindo da tal goteira


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

BOCHINCHO: Briga feia, festa informal

APARTAR: Separar.

TROTE: Andadura moderada dos eguariços.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Fandango nos olhos d´agua, bochincho de noite inteira faça chuva ou tempo bom, com luar ou com goteira gostoso é dançar juntinho, no compasso da venera no salão da tia cléia, tem uns buraco nas telha
30 Anos de Os Buenachos

Com uma trajetória de sucesso Os Buenachos em seu CD 30 Anos, lançado em 2010, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Buenachos.

Parceiros