Letra da música
Andança Serrana
Os Serranos

LP Rio Grande Tchê (1980)


Esta música está disponível para ouvir

Nestas andanças de tropeiro de cultura
E dos costumes da nossa terra sulista
Tenho levado bem distante esta mensagem
Valorizar a música regionalista
E nesse tempo em que eu toco fandango
Já muita coisa aprendi, posso dizer
Que não adianta, pois não tem nada igual
Do que um fandango animado em CTG

Toquei em Canela no CTG Querência
Em Bom Jesus, no Presilha do Rio Grande
Em São Francisco, no Rodeio Serrano
Em Vacaria, no Porteira do Rio Grande
Lá em Lagoa no Alexandre Pato
Em Esmeralda no Pioneiros do Laço
E em Taquara toquei no Fogão Gaúcho
Em todos eles demonstrei força no braço

Em Porto Alegre, no glorioso 35
Em Lageado toquei no Beto Gonçalves
Em Santiago lá no Coxilha de Ronda
Na zona sul eu não esqueço o Lila Alves
Lá em Pelotas na querida União Gaúcha
Piratini, lá no 20 de Setembro
Lá em Herval no CTG Minuano
Em Canguçu. do Sinuelo ainda me lembro

Toquei em Bagé no grande 93
Em Livramento toquei no Fronteira Aberta
Em Alegrete e Ijuí no Farroupilha
De todos eles a saudade ainda me aperta
Em Dom Pedrito, no Rodeio da Fronteira
Também toquei no CTG de Jaguarão
Em Quaraí no Sentinela do Jarau
Em Jaguari, no Invernada do Chapadão


Na boa terra de Santa Catarina
Que bem recebe o gaúcho rio-grandense
Toquei em Lages, lá no Planalto Lageano
Em São Joaquim, no Minuano Catarinense
No Paraná, lá em Paranavaí
Está vivendo uma gauchada hospitaleira
Que se diverte quando eu vou tocar fandango
No CTG Fazenda Velha Brasileira

Tem muitas coisas que este gaúcho preserva
E traz consigo desde que veio da serra
Manter respeito, educação e amizade
Com este povo que é o orgulho desta terra
Ainda teria CTGs para cantar
Onde toquei durante todos esses anos
A todos eles deixo o meu grande abraço
Essa homenagem com a marca dos Serranos


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

PRESILHA: Botão da mesma guasca, que serve para fixação.

RODEIO: Reunião para cuido, que se faz do gado.

PORTEIRA: Espaço seccionado numa cerca.

COXILHA: Leves ondulações topográficas no terreno.

SINUELO: Um ou mais animais mansos que servem de guia à tropa.

INVERNADA: Subdivisão de uma Fazenda; designa também, departamento de um CTG (Entidade Tradicionalista).

GAÚCHO: Palavra de origem guarany, pois nessa língua não existe vocábulos com o som da letra “L”.

MINUANO: Vento predominante frio e seco, que sopra do quadrante SW (Alegrete, Uruguaiana, Quaraí, Barra do Quaraí) - donde habitavam os nativos (índios) denominados Minuanos (por essa razão), que se tornaram hábeis campeiros (laçadores e boleadores).

FAZENDA: Estabelecimento rural com uma área entre 10 e 50 quadras de sesmaria de campo (ou 871 até 4.356 hectares), dividida em invernadas (cria, bois, vacas de invernar, etc.).

POVO: Vila, distrito.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Nestas andanças de tropeiro de cultura E dos costumes da nossa terra sulista Tenho levado bem distante esta mensagem Valorizar a música regionalista
Rio Grande Tchê de Os Serranos

Com uma trajetória de sucesso Os Serranos em seu LP Rio Grande Tchê, lançado em 1980, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Serranos.

Parceiros