Letra da música
Anemia Fequeciosa
Mano Lima

CD Campo a Fora (1993)


Esta música está disponível para ouvir

Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Rio Grande de 35
Rio Grande de 23
Rio Grande de 32
Rio Grande de 93
Todas essas batalhas
Foram feita no teu lombo
Com amor e muita garra
Deste nome a esta terra
E hoje vejo o terruero
Na tripa de mortadela
Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Fui vender uma cavaliada
Que por amor tinha demais
Fui vender uma cavaliada
Que por amor tinha demais
Me apareceu um tropero
Um tal joão de xirual
Chego e me pergunto
Que peso será que dá
Corri as varas a manguera
E dissi: "eu vo larga!"
Domei meus pingo a capricho
Não pode ser pra matar
Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Já bateu o urucubaca
Na cavaliada do rio grande
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa
Se escapão do salame
cae na anemia fequeciosa


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PINGO: Afetivo de cavalo de estimação.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Já bateu o urucubaca Na cavaliada do rio grande Já bateu o urucubaca Na cavaliada do rio grande
Campo a Fora de Mano Lima

Com uma trajetória de sucesso Mano Lima em seu CD Campo a Fora, lançado em 1993, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Mano Lima.

Parceiros