Letra da música
Poncho Molhado
Wilson Paim

CD Simplicidade (1999)


Poncho molhado olhar na tropa e no horizonte
Vai o tropeiro devagar estrada afora
A chuva encharca que está chovendo desde ontentem
Dói dentro d'alma essa demora

(Irmão do gado ele se sente nessa hora
E o seu destino também vai nesse reponte
Igual a tropa nesse tranco estrada afora
Sempre encharcado de horizontes

A tropa segue devagar mugindo tonta
Talvez pressinta que seu fim é o matadouro
E o tropeiro entristecido se dá conta

O boi é bicho mas tem alma sob o couro
O boi é bicho mas tem alma sob o couro
O boi é bicho mas tem alma sob o couro

O boi é bicho mas tem alma sob o couro

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Poncho molhado olhar na tropa e no horizonte Vai o tropeiro devagar estrada afora A chuva encharca que está chovendo desde ontentem Dói dentro dalma essa demora
Simplicidade de Wilson Paim

Com uma trajetória de sucesso Wilson Paim em seu CD Simplicidade, lançado em 1999, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Wilson Paim.

Parceiros