Letra da música
A Lua e a Noite
Tchê Barbaridade

CD Regional Brasileiro (2006)


Compositor: Danilo Fagundes

O que faz uma mulher, na vida de um homem
Comigo estava tudo bem, até ela chegar
Não conhecia a solidão, nunca senti saudade
Que droga, o meu coração foi se apaixonar.


Perdi a minha liberdade, me entreguei a ela
Aos poucos, o olhar distante se tornou rotina
Não encontrava mais amor dentro dos olhos dela
Meu coração se iludiu com aquela menina.


Mas voltei,
Galera, estou aqui de novo
Voltei pros braços de meu povo
Achei o rumo da estrada.
Me encontrei,
De volta estou pras madrugadas
Igual a lua e a noite
Que morrem sempre abraçadas.


Os meus amigos se perderam nos bares da cidade
Um vazio entrou de vez no meu coração
Até o meu melhor amigo, já não me esperava
Encontrou uma mulher, uma nova paixão.

Mas voltei,
Galera, estou aqui de novo
Voltei pros braços de meu povo
Achei o rumo da estrada.
Me encontrei,
De volta estou pras madrugadas
Igual a lua e a noite
Que morrem sempre abraçadas.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) o que faz uma mulher, na vida de um homem comigo estava tudo bem, até ela chegar não conhecia a solidão, nunca senti saudade que droga, o meu coração foi se apaixonar.
Regional Brasileiro de Tchê Barbaridade

Com uma trajetória de sucesso Tchê Barbaridade em seu CD Regional Brasileiro, lançado em 2006, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Tchê Barbaridade.

Parceiros