Letra da música
Engasgado na Pistola
Dionísio Costa

CD Poeta e Cantador (2008)


Esta música está disponível para ouvir

(Dionísio Costa)

Ô ‘muié’ não me incomoda, que eu tô com os ‘bofe’ azedo
Amanheci no chinedo e a cachaça me fez mal
Tô co’a cabeça arrodeando e os ‘garrão’ que é puro inchume
Pela falta de costume , de ‘retossá’ sem buçal
Depois que ‘ajuntei’ contigo, que é coisa pra mais de ano
Eu não tinha sacado os ‘pano’, pra o ‘mulherio' que é da lida
Mas já que faz um bom tempo, que eu te procuro e não acho
Pra o meu desejo de macho, me obriguei ‘campeá’ guarida

Quando eu chego da lida, não me dá mais atenção
E nas minhas ‘percisão’, tu deixou de me ‘atendê’
Vai até tarde da noite, assaltando a geladeira
Se entupindo de besteira, de à cavalo na ‘tevê’
Devido à tua frescura, me desfalquei de alguns ‘pila’
E me enfurnei lá na vila, pra me ‘esfregá’ e ‘batê’ cola
Cheguei lá ‘loco’ de fome, com o ‘zóio’ maior que o bucho
Pronto pra ‘estorá’ uns ‘cartucho’ engasgado na pistola

Caprichando nos ‘amasso’, não dei bola pra o respeito
Bailei de tudo que é jeito, num entrevero de couro
Empinei uma gelada, fui apartando o chinedo
Reculutei o praguedo e me atraquei no namoro
Botei em dia os ‘assunto’, daquilo que a gente gosta
Tinha umas quantas ‘disposta’, à me ‘agradá’ e me ‘serví’
Larguei duma e peguei outra, fui repassando as ‘guria’
Esfolei até uma ‘tia’, mas sempre pensando em ti

Ganhei um monte de agrado, paguei e fui atendido
E já que tô bem servido, o gasto nem considero
Gastei tudo o que eu podia, nos ‘troco’ fiz um estrago
Mas em casa eu também pago e tu não faz o que eu quero
Acho que fiz muito bem, pois não judiei do teu couro
Depois de ouvir desaforo, destrato à torto e direito
Em vez de ‘ficá’ reinando, vá já me ‘fazê’ uma canja
Só não me venha com ganja, que hoje eu já tô satisfeito


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

ENTREVERO: Mistura e confusão de pessoas, animais ou coisas.

PAGO: Lugar em que se nasce, de origem

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Dionísio Costa) Ô ‘muié’ não me incomoda, que eu tô com os ‘bofe’ azedo Amanheci no chinedo e a cachaça me fez mal
Poeta e Cantador de Dionísio Costa

Com uma trajetória de sucesso Dionísio Costa em seu CD Poeta e Cantador, lançado em 2008, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Dionísio Costa.

Parceiros