Letra da música
Mulher Querência
Nico Fagundes

CD Poesias (1995)


Esta música está disponível para ouvir

Na querência do teu corpo
Tem coxilhas e canhadas
Cacimbas de luas claras,
Matas escuras fechadas
E dois cerros de granito
Com pitangas coloradas
Só eu sei achar o rumo
Dos atalhos e picadas
E bebo a noite em teus olhos
No frescor das tuas aguadas
E fumo a brasa escondida
Das coivaras e queimadas
Como quem acende um sol
No largo das madrugadas

Eu morro em ti,
E me enterro,
E ressuscito outra vez
Semente chuva e mormaço,
Berro de potro e de rês.
Gineteio sem espora,
Faço o que ninguém fez.
Coração de ressolana
Com um ovo guacho de indês.
Nas quatro luas campeiras
De volta em roda do mês:
Dono, patrão, bolicheiro,
Escravo, peão, e freguês.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) música gaúcha, baixar música, ouvir música, letras de música
Poesias de Nico Fagundes

Com uma trajetória de sucesso Nico Fagundes em seu CD Poesias, lançado em 1995, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Nico Fagundes.

Parceiros