Letra da música
A Canha
Fabrício Luíz

CD A Canha (2018)


Esta música está disponível para ouvir

( Fabrício Luíz )

A canha é a china do peão solitário
É o coringa de um baralho na carpeta do jogo da vida
Canha que aquece o peito e queima a garganta
Pra uns é desgraça, pra outros é santa consolando a alma na dor da partida
A canha é o pala nas noites de inverno
É a coragem na hora do inferno de uma peleia de bala ou de faca
Canha a tua garrafa beija qualquer um
Dos teus amantes eu sou só mais um, porém ao teu lado ninguém me ataca

Me dê um gole desta canha , hoje eu vou me botar
Pra matar esta saudade vou me embriagar


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

PEÃO: Operário de estabelecimento rural ou associado de entidade tradicionalista.

CARPETA: Jogatina.

PALA: Poncho leve de seda (para o verão), de algodão (para meia-estação) e de lã tramada ou bixará (para o inverno).

PELEIA: Contenda, disputa, combate, luta, batalha.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) ( Fabrício Luíz ) A canha é a china do peão solitário É o coringa de um baralho na carpeta do jogo da vida
A Canha de Fabrício Luíz

Com uma trajetória de sucesso Fabrício Luíz em seu CD A Canha, lançado em 2018, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Fabrício Luíz.

Parceiros