Letra da música
Cada Flor
Jader Duarte

CD Escritos do Tempo (2018)


Cada flor que exala seu perfume,
É porque ela abriu seu coração.
No jardim cada qual é diferente,
Mesmo antes de deixar de ser botão.

Cada homem que escreve sua essência,
Com razões para cantar suas verdades,
Canta o ontem, com olhos no amanhã,
Desprovido de orgulho e de vaidade.

O jardim, refletindo a humanidade,
Tem suas flores, tendo ela seus espinhos.
Nós os homens, com nossos tropeços,
Machucamos em vez de darmos carinho.

Se esta flor, que te dou, veio de longe,
Pra encantar os teus olhos e sentidos,
Sei que o canto, de amor e de raiz,
Tem a sina, de pouco ser ouvido.

A Floresta se mistura com Serrado.
Nosso Pampa vai beijar o Litoral.
Toda flor, escolhe seu lugar.
Todo canto deve ser universal!





Letra: Péricles Almeida
Música: Jader Duarte e Éverton Hernandez
Violões e Contrabaixo: Maurício Lopes
Acordeon: Jackson Fabricio
Flauta: Daniel Zanotelli
Vocais: Éverton Hernandez e Rui Carlos Ávila

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Cada flor que exala seu perfume, É porque ela abriu seu coração. No jardim cada qual é diferente, Mesmo antes de deixar de ser botão.
Escritos do Tempo de Jader Duarte

Com uma trajetória de sucesso Jader Duarte em seu CD Escritos do Tempo, lançado em 2018, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Jader Duarte.

Parceiros