Letra da música
Abrindo a Cordeona
Marines Siqueira

CD Vida Boa (2003)


Esta música está disponível para ouvir

Quando eu abro esta cordeona
Num fandando de galpão
O Rio Grande ergue a cabeça
Revivendo a tradição
A indiada se alvorota
E o salão tapa de poeira
Quando a cordeona retrecha
Com a Marines Siqueira

E onde quer que eu abro a gaita
De baixo do céu azul
O brasil inteiro grita
VIVA O RIO GRANDE DO SUL

Quando eu abro essa cordeona
Nos bailes do Paraná
O vento troteia calmo
Somente pra me escutar
E se eu abro essa cordeona
Lá em Santa Catarina
Sou quase igual o sereno
Apagando a poeira fina

E onde quer que eu abro a gaita
Debaixo do céu azul
O Brasil inteiro grita
VIVA O RIO GRANDE DO SUL

Quando acalco ela com força
Num fandango de ramada
O coração bate solto
Dentro do peito da indiada
Se espicho ela de noite
A lua destapa o véu
E as estrelas viram potros
Escaramuçando no céu

E onde quer que eu abra gaita
Debaixo do céu azul
O Brasil inteiro grita
VIVA O RIO GRANDE DO SUL

Quando abro ela soqueadita
No outro lado da fronteira
A corrente nada, se agita
E ela ronca dessa maneira
Por isso ao fechar a gaita
Lhes digo de antemão
Que eu volto pra minha terra
Mas deixo meu coração

E onde quer que eu abra a gaita
Debaixo do céu azul
O Brasil inteiro grita
VIVA O RIO GRANDE DO SUL


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Quando eu abro esta cordeona Num fandando de galpão O Rio Grande ergue a cabeça Revivendo a tradição
Vida Boa de Marines Siqueira

Com uma trajetória de sucesso Marines Siqueira em seu CD Vida Boa, lançado em 2003, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Marines Siqueira.

Parceiros