Letra da música
Meu Rancho
Luiz Marenco

CD O Primeiro Canto (2018)


Que alma tem o meu rancho
Por isso deixá-o como
Pedaço de céu com terra
Folheado de cinamomos
Silêncio rodeado a berro
Solidão sem viver só
Madeirama de pau ferro
Toda atada com cipó

Mangueira de pedra moura (Refrão) 2X
Que nunca mais ter fim
Um restingal de vassoura
Pôr de sol perto de mim

Coqueiral e caturrita
Galpão de fogo paxorro
E uma xirua bonita
Cavalo bom e cachorro...

Com chuva acorde e milonga
Consola o campo cedinho
Por aqui a noite é longa
E o dia devagarzinho
Quando eu saio mais que um dia
Este rancho é um ser vivente
Me recebe com alegria
Tem saudade como a gente


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RANCHO: Primeira habitação erguida no Continente de São Pedro, edificada com material que abundava no local (leiva, torrão, pedra ou pau-a-pique e barreado), coberto com quincha.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Que alma tem o meu rancho Por isso deixá-o como Pedaço de céu com terra Folheado de cinamomos
O Primeiro Canto de Luiz Marenco

Com uma trajetória de sucesso Luiz Marenco em seu CD O Primeiro Canto, lançado em 2018, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Luiz Marenco.

Parceiros