Letra da música
Abarrotado de Compromisso
Velho Milongueiro

LP Paizinho da Mãe (1989)


Eu estou chegando agora
Volto em meia hora pela mesma trilha
Pra não perder o embalo
Risquei o cavalo do queixo a virilha.
Claro que estou contente
Por que finalmente chegou minha hora
De viver sempre viajando
Sorrindo e cantando pelo mundo afora

Eu não tenho tempo pra nada
Sou um camarada que lutei pra isso
Virei cantor afamado
Vivo abarrotado de compromisso

Já tive muitos problemas
Parece um cinema essa minha carreira
Se eu não fosse um bom sujeito
Já teria feito um montão de besteira
Meu negócio é cantaria
Paz e harmonia em despeito da guerra
Sou um baita de um amigo
E pior inimigo da face da terra

Tenho uma mulher querida
Que sabe minha vida tim por tim
Descobri no matrimonio
Que até santo antônio tem raiva de mim
Me entupi de compromisso
Nem vou falar nisso por que me comovo
A verdade que eu to indo
Cantando e sorrindo par alegrar o povo.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

CARREIRA: Tem dois sentidos: andadura veloz dos eguariços e também pode ser competição de animais montados por jóqueis.

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu estou chegando agora Volto em meia hora pela mesma trilha Pra não perder o embalo Risquei o cavalo do queixo a virilha.
Paizinho da Mãe de Velho Milongueiro

Com uma trajetória de sucesso Velho Milongueiro em seu LP Paizinho da Mãe, lançado em 1989, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Velho Milongueiro.

Parceiros