Letra da música
A Filha da Mariana
Velho Milongueiro

CD Sucessos de Ouro (0)


Esta música está disponível para ouvir

Eu era moço novo e vim pra cidade
Fiz maior idade na mesma semana
E desde que eu saí lá do interior
Sonhava com o amor de uma prenda bacana

E eu que sempre fui tocador de gaita
Tinha uma festa baita lá em Uruguaiana
Me contrataram e quando lá cheguei
De cara me encontrei com a filha da Mariana

Me contrataram e quando lá cheguei
De cara me encontrei com a filha da Mariana

E eu que nunca fui de me meter em nada
Entrei nessa jogada que deu até cana
Ela me arrastou lá pro outro lado
E mal documentado eu cruzei a aduana

E lá na argentina eu entrei num gancho
Lembrava do meu rancho, do mano e da mana
Arrumaram um passe para mim voltar
Mas tinha que deixar a filha da Mariana

Arrumaram um passe para mim voltar
Mas tinha que deixar a filha da Mariana

E eu que sou gaúcho fui metendo os peito
Com calma e com jeito ninguém me atucana
Perguntei pro guarda se ele bebia
Me disse que queria uma meia de cana

Depois que bebeu tudo ele nos soltou
E até nos emprestou a sua chalana
Talvez fosse um milagre d´alma do seu pai
Cruzei o Uruguai com a filha da Mariana

Talvez fosse um milagre d´alma do seu pai
Cruzei o Uruguai com a filha da Mariana

Pisando no rio grande ela mostrou quem era
Jurou de ser sincera e que jamais me engana
Parece até mentira que lá na fronteira
Achei uma parceira que era serrana

Agora a gente vive abaixo de carinho
O nosso ranchinho cheira a gente humana
Agora eu vivo feliz neste mundo
E agradeço ao Pedro Raimundo
Por ter me dado a filha da Mariana

Agora eu vivo feliz neste mundo
E agradeço ao Pedro Raimundo
Por ter me dado a filha da Mariana


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

GAÚCHO: Palavra de origem guarany, pois nessa língua não existe vocábulos com o som da letra “L”.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu era moço novo e vim pra cidade Fiz maior idade na mesma semana E desde que eu saí lá do interior Sonhava com o amor de uma prenda bacana

Parceiros