Letra da música
Trancão de Bagaceira
Os Mirins

CD De Todos Os Tempos (2002)


Esta música está disponível para ouvir

Bem bagaceira, tô chegando no fandango
De esporas, chapéu e mango
Desbeiçado na partida
Vou pro bolicho
Sou borracho e meio louco
E tô com gado nos troco
Pra gastar com as queridas

Não perco tempo
Dou de braço numa tchanga
Por sinal é a potranca
Mais bonita do lugar
No sarandeio arrodeio pros dois lados
Num jeitão bem debochado
Chaquaiando pra rachar

Vou só na manha
Soltando as linhas
E saio como lagarto em ladeira
Quando percebo bandeira
Nos zóio das muiezinhas
{repete}

De madrugada quando o fandango se impeza
Saio chulhando na reza
Balançando pro surungo
Lá pelo meio dou um grito e sapateio
Na vanera eu me boleio
Me sinto dono do mundo

Não tem porteira
Pra um jeitão bem bagaceira
No meio da polvadeira
Até me esqueço da lida
Bota curtida e bombacha bem surrada
Sou atoa e não dá nada
Assim vou levando a vida

Vou só na manha
Soltando as linhas
E saio como lagarto em ladeira
Quando percebo bandeira
Nos zóio das muiezinhas
{repete 2x}


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

BORRACHO: Bêbado

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

BOMBACHA: Calça-larga abotoada na canela do gaúcho

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Bem bagaceira, tô chegando no fandango De esporas, chapéu e mango Desbeiçado na partida Vou pro bolicho
De Todos Os Tempos de Os Mirins

Com uma trajetória de sucesso Os Mirins em seu CD De Todos Os Tempos, lançado em 2002, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Mirins.

Parceiros