Letra da música
Bombachudo
Os Mirins

CD De Todos Os Tempos (2002)


Esta música está disponível para ouvir

Bombachudo vá chegando é dia de marcação
Solte o pingo lá no pasto vê se chegue pro galpão

Aqui tem cachaça buena tem churrasco e chimarrão
Boa prosa e cordeona e violão

Também tem prenda bonita no rodeio de amores
É bonita fitas e rendas lindas prendas bela flores
E relance escondido algum olhar caborteiro

Queima mais que a própria marca ardendo sobre o braseiro
Bombachudo não se acanhe vê se chegue pro galpão
Puxe o cepo e vá sentando perto de um fogo de chão

Pode ficar bem garboso que a bombacha tem história
Tem um passado de luta é um presente de glória


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

PINGO: Afetivo de cavalo de estimação.

GALPÃO: Tipo de edificação que com o rancho forma um conjunto habitacional no RGS; numa Estância ou numa Fazenda, abriga o alojamento da peonada solteira, os depósitos de rações, almoxarifados, apetrechos, aperos, galpão-do-fogo, etc.

CHURRASCO: Comida preferida do gaúcho.

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

RODEIO: Reunião para cuido, que se faz do gado.

CABORTEIRO: Animal manhoso e infiel, velhaco.

CEPO: Pequena tora (preparada ou não), que serve de banco nos galpões-de-fogo.

BOMBACHA: Calça-larga abotoada na canela do gaúcho

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Bombachudo vá chegando é dia de marcação Solte o pingo lá no pasto vê se chegue pro galpão Aqui tem cachaça buena tem churrasco e chimarrão
De Todos Os Tempos de Os Mirins

Com uma trajetória de sucesso Os Mirins em seu CD De Todos Os Tempos, lançado em 2002, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Mirins.

Parceiros