Letra da música
Bailando na Fronteira
Grupo Minuano

CD Grupo Minuano - Vol. 11 (1999)


Sidney Lima

Nas andanças e cantorias pelas margens da fronteira
A chamarra vai descendo mui pachola e faceira
Vai encontrar com a milonga, vão bailar a noite inteira
No Uruguai um vai e vem de correntina e brasileira
E eu entrei só por farra no balanço da vanera.

Eu cheguei em São Borja no começo de janeiro
O dourado me esperava pra entrar nesse entrevero
Convidou o Fábio Rocha, e o Mello de gaiteiro
Tocando em Porto Xavier, em Lucena o dia inteiro
Depois fomos a Santiago e gastamos todo o dinheiro.

Nos fomos em Uruguaiana, Livramento e Quarai
Chegamos do Alegrete, já ficamos por ali
Tem baile lá em Rosário, carrereirada e açaí
Tenha trova lá em São Pedro, grande festa em Jaguari
Vinha gente de São Luiz, Dom Pedrito e Cacequi.

Depois fomos a Bagé visitar um amigo meu
O Cassale mui faceiro, pela voz me conheceu
São Gabriel terra buena, quanta alegria me deu
Pelotas tem gente fina, Rio Grande me comoveu
Em Jaguarão me apaixonei veja só o que aconteceu
Todos vieram embora, todo mundo menos eu.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

TROVA: Espécie de desafio repentista, cantado e acompanhado musicalmente.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Sidney lima vanera nas andanças e cantorias pelas margens da fronteira
Grupo Minuano - Vol. 11 de Grupo Minuano

Com uma trajetória de sucesso Grupo Minuano em seu CD Grupo Minuano - Vol. 11, lançado em 1999, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Minuano.

Parceiros