Letra da música
Gaúcho e Fandangueiro
Os Mirins

CD De Todos Os Tempos (2002)


Esta música está disponível para ouvir

Boleia a perna no entrevero pra farrear com a gauchada
Trabalhei duro o mês inteiro domando potro na invernada.
Mando um abraço pro gaiteiro que meu parceiro de festança
Toca um trancão bem fandangueiro e largo no cabo da dança.

Sou gaúcho e fandangueiro e tenho orgulho do meu rincão
Gosto de gaita e de cantoria num surungo de galpão.
Sou gaúcho e fandangueiro e tenho orgulho do meu rincão
Sou apreciado das gurias num trancão de vanerão.

E nesse fandango animado movido a fole de cordeona
Passo a noite aquerenciado nos braços de alguma dona.
Pois é no embalo da vanera que a gauchada se assanha
Pra ganhar a china faceira eu sei bem o jeito e manha.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

ENTREVERO: Mistura e confusão de pessoas, animais ou coisas.

POTRO: Cavalo novo que ainda não levou lombilho.

GAÚCHO: Palavra de origem guarany, pois nessa língua não existe vocábulos com o som da letra “L”.

RINCÃO: Lugar isolado em fundo de campo.

SURUNGO: Baile de baixa categoria.

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

CHINA: Mulher mameluca (primeira companheira do gaúcho).

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Boleia a perna no entrevero pra farrear com a gauchada Trabalhei duro o mês inteiro domando potro na invernada. Mando um abraço pro gaiteiro que meu parceiro de festança Toca um trancão bem fandangueiro e largo no cabo da dança.
De Todos Os Tempos de Os Mirins

Com uma trajetória de sucesso Os Mirins em seu CD De Todos Os Tempos, lançado em 2002, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Mirins.

Parceiros