A Briguenta


Esta música está disponível para ouvir

(Zé Moraes)

Você, quando tá de bem, me trata com muito carinho
Me chamando só de amor, de querido e de benzinho
Fala que jamais esquece do laçador e gaiteiro
Diz que eu sou anjinho lindo, na cordeona eu sou campeiro
Fala que sou sua vida, moro no seu coração
Sou sincero e carinhoso e sou gaiteiro agradão

Mas quando briga comigo o discurso é mudado
Na hora diz que eu não presto, que sou um gaiteiro safado
Que só dou bola pras outras e de você eu esqueço
E fico dias sumido e quase nem apareço
Até me deixa recado no e-mail ou celular
Dizendo, tudo acabou, comigo não quer nem falar

Briguenta, briguenta, briga comigo, diz que bate e me arrebenta
Briguenta, briguenta, depois que briga se arrepende e só lamenta

Compartilhe

Zé Moraes - A Briguenta (letra e música para ouvir) (Zé Moraes) Você, quando tá de bem, me trata com muito carinho Me chamando só de amor, de querido e de benzinho

Parceiros