Letra da música
Bugio da Capela
Os Nativos

CD Canta Catarina (1995)


Eu vou pra serra vou num baile na capela
Eu vou ver ela, vou lá vê ela
Sei que está me esperando na janela
Eu vou ver ela, vou, vou lá vê ela.

Ao despacito no tranco da égua moura
Eu vou solito cruzando léguas de chão
Levo na mala canha buena e charque gordo
E o meu pala pra caso de "percisão".
No pé da serra, apeio e faço pousada
É longa a espera pra um domingo que vem vindo
Vou ver a bela que a uma semana eu não vejo
Pensando nela devagar eu vou subindo

A bugiada ronca grosso avisando
Que a jornada já tá chegando ao fim
Chego a capela, era isso que eu queria
Ver a guria que está esperando por mim


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

DESPACITO: Vagarosamente.

TRANCO: Andadura lenta dos eguariços.

SOLITO: Só e isolado.

CHARQUE: Carne salgada e seca ao sol.

PALA: Poncho leve de seda (para o verão), de algodão (para meia-estação) e de lã tramada ou bixará (para o inverno).

GURIA: menina, moça (Se usa em outras partes do Brasil)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu vou pra serra vou num baile na capela eu vou ver ela, vou lá vê ela sei que está me esperando na janela eu vou ver ela, vou, vou lá vê ela.
Canta Catarina de Os Nativos

Com uma trajetória de sucesso Os Nativos em seu CD Canta Catarina, lançado em 1995, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Nativos.

Parceiros