Letra da música
As Devas
João Chagas Leite

CD 18 Grandes Sucessos (0)


Trago distancia nos meus olhos povoeiros
vesgo de tanto contemplar os horizontes
da ilusão de que a verde das coxilhas
se refletisse na clareza de outras fontes

andei mundo sem mudar as minhas ânsias
e plantei sonho de querência e paz maior
pra que pudesse num cantinho desse campo
ter um rancho pra viver sem muita dor.

me faço ponto de pousada e calmaria
bebo nas águas da minha própria compreensão
pois pra mudar o traçado deste mundo
não é nas bingas e nas devas, por que não?

o mesmo sonho que embalou meu pai peão
em meu sonho de um pago sem fronteira
acreditando que a amplidão das sesmarias
girasse um mundo novo e sem porteira.

mas minha vida de peão tem muito sonho
e muito longe ainda está da realidade
e indiferente dos poemas e canções
que falam tanto de uma tal felicidade.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Trago distancia nos meus olhos povoeiros vesgo de tanto contemplar os horizontes da ilusão de que a verde das coxilhas se refletisse na clareza de outras fontes
18 Grandes Sucessos de João Chagas Leite

Divulgando seu trabalho, João Chagas Leite no CD 18 Grandes Sucessos, traz ao público que prestigia música gaúcha, que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul, grandes sucessos da música gaúcha. Veja a discografia de João Chagas Leite.

Parceiros