Letra da música
Bolivariana
Miro Saldanha

CD Mescla Latina (2013)


Esta música está disponível para ouvir

(Miro Saldanha)

Bolivariana América Santa,
De riquezas que encantam rivais,
Os sonhos desta voz que te canta
Já sufocaram quantas iguais!
De arar esta terra, que é tanta,
E que colha quem planta os trigais;
Porque amarras sufocam gargantas,
Mas ideal que se planta, jamais!

REFRÃO

Que seja livre o cantar da cigarra!
Que hoje cantem por nós
Os que já nascem com a voz na guitarra
E uma guitarra na voz!
Que lo que canta no cante solito
Por cantar tu verdad!
Y no se muera en tu boca este grito;
Grito de libertad!!
Não adianta mudar tua história,
Como quer uma escória fazer;
Dar teu mapa, com dedicatória,
A heróis sem memória ou querer;
Triste farsa de paz compulsória,
Pra uma nação simplória viver.
Teu destino é alcançar a vitória
Num futuro de glória e poder!

REFRÃO (bis)

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Miro Saldanha) Bolivariana América Santa, De riquezas que encantam rivais,
Mescla Latina de Miro Saldanha

Com uma trajetória de sucesso Miro Saldanha em seu CD Mescla Latina, lançado em 2013, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Miro Saldanha.

Parceiros