Letra da música
O Minuano
João Chagas Leite

CD Amigo do Peito (1998)


João Chagas Leite / Vaine Darde

É o minuano cantando nos alambrados
Baile de rancho nas quinchas de santa fé
Pondo a tristeza para bem longe do pago
No rio que canta acordes de chamamé
É o rio grande de guitarra e acordeom
O telurismo nos fandangos da querência
Impondo sempre o gauchismo em forma e som
Para manter viva a mais autentica essência

Por onde sopra este vento galponeiro
Os de bombacha vivem mais seu atavismo
Para impedir que outros ventos estrangeiros
Invada a pampa com seu falso modernismo

O minuano reverbera nas taperas
E se prolonga do asfalto as coxilhas
Feito um clarim pelas pendengas de guerra
Ou fole xucro nos fandangos farroupilhas
Somos o vento que anda nas crinas dos flertes
E venta livre entre o verde a o azul
Quem canta versos nas esporas dos ginetes
Sopro de gaita peãs campinas do sul.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

MINUANO: Vento predominante frio e seco, que sopra do quadrante SW (Alegrete, Uruguaiana, Quaraí, Barra do Quaraí) - donde habitavam os nativos (índios) denominados Minuanos (por essa razão), que se tornaram hábeis campeiros (laçadores e boleadores).

RANCHO: Primeira habitação erguida no Continente de São Pedro, edificada com material que abundava no local (leiva, torrão, pedra ou pau-a-pique e barreado), coberto com quincha.

PAGO: Lugar em que se nasce, de origem

QUERÊNCIA: Lugar onde se gosta de viver; se quer viver; lugar do bem-querer.

BOMBACHA: Calça-larga abotoada na canela do gaúcho

PAMPA: Descampados cobertos de vegetação rasteira onde a vista se estende ao longe; compreende desde a Província da Pampa Austral, ao sul de Buenos Aires (Argentina) até os limites do RGS com o Estado de Stª Catarina (Brasil).

XUCRO: Selvagem.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) João Chagas Leite / Vaine Darde Chamamé É o minuano cantando nos alambrados
Amigo do Peito de João Chagas Leite

Com uma trajetória de sucesso João Chagas Leite em seu CD Amigo do Peito, lançado em 1998, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de João Chagas Leite.

Parceiros