Letra da música
Fronteiras do Iguaçu
Mariana Marques

CD De Campo e Taba (2015)


Luiz Carlos Borges

A selva é de um verde puro
Os rios de agua corrente
A vida é mais transparente
Aqui em Foz do Iguaçu.
Parece que o arquiteto
Que inventou essa beleza
Concentrou a natureza
No verde aqui dessas matas...
E com sua luz de prata
A lua, que faz rotina,
Une Brasil e Argentina
Nas aguas das cataratas

São as três fronteiras, desenhadas ali,
Que não são fronteiras pra quem vive aqui
A gente se entende pelo Portuñol
E é do mesmo anzol que a comida vem
São cargas de sonhos, ponte da amizade
E a latinidade que esse povo tem..
Eu cheguei há pouco mas, cá para nós,
Aqui pela Foz a gente vive bem!

Um dia en Ciudad del Leste
Parece uma volta ao mundo
Se mesclam povos oriundos
De tantas cores e crenças
Coreanos e Japoneses
Com Árabes e Judeus.
São todos filhos de Deus
Irmãos do povo daqui..
E como um Duende, imortal,
Que pelo tempo se vai,
Na alma do Paraguai
A fibra do Guarani!

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Luiz Carlos Borges A selva é de um verde puro Os rios de agua corrente
De Campo e Taba de Mariana Marques

Com uma trajetória de sucesso Mariana Marques em seu CD De Campo e Taba, lançado em 2015, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Mariana Marques.

Parceiros