Letra da música
Boleando a Perna
Alberi Silva

CD Reverenciando a Minha Terra (2013)


(Abelar Garcia/Alberi Silva)

Quem quiser saber quem sou, que solte um aporreado
Um mango e um par de espora' e aposte alguns trocado'
Pois me criei na fazenda, gineteando campo afora
Batendo mango cruzado, dando boia pras espora'
Já ouvi berro de potro num tom despertador
Porque percebeu que eu sou ginetaço e domador

Sou mais xucro que bagual, lombo duro que nem potro
Este já me conheceu, largue ele e me traz outro
Bagual que eu sento as espora' deixa de ser redomão
Forma cavalo de encilha, montaria de patrão

Boleio a perna contente e não levo na brincadeira
Também sou xucro e teimoso, sou cria lá da fronteira
Grud'as clina' e sento o mango e que berre o aporreado
Vejo o vento nas macega' e o mundo de atravessado
Não quero amadrinhador, nem que se vá pra o lançante
Se rodar boleio a perna, saio a passito lá adiante

Sou mais xucro que bagual, lombo duro que nem potro...

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Abelar Garcia/Alberi Silva) Quem quiser saber quem sou, que solte um aporreado Um mango e um par de espora e aposte alguns trocado
Reverenciando a Minha Terra de Alberi Silva

Com uma trajetória de sucesso Alberi Silva em seu CD Reverenciando a Minha Terra, lançado em 2013, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Alberi Silva.

Parceiros