Letra da música
Baú de Mascate
João Chagas Leite

LP Ave Sonora (1989)


Chega mascate campeiro dos meus tempos de criança
vem trazer água de cheiro par enfeitar minha esperança
teu baú de fantasias e meus sonhos de guri
entre penas e alegrias que tempo a fora perdi

então parti pra cidade buscando o que aqui não há
levei a guaiaca cheia de esperança pra gastar
caminhei por toda parte e voltei de mãos vazias
não pude encontrar, mascate, os sonhos que me vendias

hoje estou cuidando a estrada como quando fui criança
pode ser que ainda pareças com teu baú de esperança.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Chega mascate campeiro dos meus tempos de criança vem trazer água de cheiro par enfeitar minha esperança teu baú de fantasias e meus sonhos de guri entre penas e alegrias que tempo a fora perdi
Ave Sonora de João Chagas Leite

Com uma trajetória de sucesso João Chagas Leite em seu LP Ave Sonora, lançado em 1989, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de João Chagas Leite.

Parceiros