Letra da música
A Pelagem dos Cavalos
Grupo Querência

CD Taí a Dona Vaneira (2014)


(Vanoci Marques/Adriano Gross/Cassiano Lacerda)

Eu tenho uma cavalhada solta no campo, paisano
Pangaré e rosilho mouro, alazão, branco e tobiano
Lobuno e tordilho oveiro, zaino, picaço e rosado
Rosilho branco e melado, tordilho negro e ruano

Eu comparo a madrugada com a melodia dos galos
E a beleza do arco-íris com a pelagem dos cavalos

Tostado e douradilho com malacara e bragado
Zaino negro e salino, zaino pinhão e prateado
Tenho alguns rubicanos, mouro e rosilho alazão
Baio vermelho e pinhão, tordilho branco e gateado

Eu comparo a madrugada com a melodia dos galos
E a beleza do arco-íris com a pelagem dos cavalos

Os meus pingos são de lei, todos por mim domados
Fletes de toda confiança, do andar mais apreciado
Gosto de todas as raças que no mundo Deus botou
Mas o crioulo pra mim é o rei dos cavalos

Eu comparo a madrugada com a melodia dos galos
E a beleza do arco-íris com a pelagem dos cavalos

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Vanoci Marques/Adriano Gross/Cassiano Lacerda) Eu tenho uma cavalhada solta no campo, paisano Pangaré e rosilho mouro, alazão, branco e tobiano
Taí a Dona Vaneira de Grupo Querência

Com uma trajetória de sucesso Grupo Querência em seu CD Taí a Dona Vaneira, lançado em 2014, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Grupo Querência.

Parceiros