Letra da música
Andejo
Valdomiro Maicá

CD Galpão do Missioneiro (2013)


(Letra: Justino de Lima Lopes/Eduardo Monteiro Marques | Música: Nilton Ferreira)

Trilhando as três fronteiras por tapejara e andador
Quando me fiz pajador ouvindo o chio da chaleira
E, conduzindo a bandeira, num irmanear de torena
A velha cruz de Lorena nesta pátria missioneira

Neste chão de aporreados donde a cepa não se doma
Dos guaranis trago à tona os combatentes enfrentados
Nessa aldeia fui criado pra propagar a existência
E preservar a querência num pago sem alambrado

Por andejar encontrei os meus versos bem campeiros
O mundo por paradeiro cantando a pampa que herdei
O continente Del Rei junto a um fogão de tropeiro
Os meus versos bem campeiros, por andejar encontrei

Cruzei coxilhas e rios da velha terra vermelha
Meu pingo, trocando orelha, sempre atento ao desafio
A coragem resistiu, mas justiça não havia
E a terra que nem sabia matava quem não fugiu

Antes de ser combatente pra onde o povo caminha
A liberdade que tinha era lei e hoje ausente
O chão, o maior presente, nos foi entregue de graça
Quem quer história que faça, não venha roubar da gente

Por andejar encontrei os meus versos bem campeiros...

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Letra: Justino de Lima Lopes/Eduardo Monteiro Marques | Música: Nilton Ferreira) Trilhando as três fronteiras por tapejara e andador Quando me fiz pajador ouvindo o chio da chaleira
Galpão do Missioneiro de Valdomiro Maicá

Com uma trajetória de sucesso Valdomiro Maicá em seu CD Galpão do Missioneiro, lançado em 2013, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Valdomiro Maicá.

Parceiros