Letra da música
Baile do Sapucay
Valdomiro Maicá

CD Família Maicá, Canta 15 Anos De Saudade (2003)


Neste compasso da gaita do sapocay
Se bailava a noite inteira
Lá na costa do uruguai
Luz de candieiro, no cheiro da poloneira
Irmanava castelhanos
E brasileiros da fronteira

Choram as prendas no compasso do bordão
E o guitarreiro canta a toda inspiração
E a cordeona num soluço vai flechando
Marca o compasso do costeiro da paixando

Neste compasso da gaita do sapocay
Se arrastava no paragaitas
Lá na costa do uruguai
China faceira de um jeito provocador
Vão sarandeando,
É um convite para o amor
Levanta poeira o sarandeiro da china
Recendendo à querozene,
O cheiro da brilhantina

Neste compasso da gaita do sapocay
O fandito se alegrava,
Lá na costa do uruguai
Até a guarda costeira
Se esqueceu do contrabando
E o sapocay chegava a tocar, se babando
E a gaita velha, na baba do sapocay
Chega a apodrecer o fole
Neste faz que vai não vai

São duas pátrias festejando nesta dança
Repartindo a mesma herança,
Comungando a mesma rima
Disse o sidilho que o uruguai beija os nubentes
Une o casal continente, pai brasil, mãe argentina
E disse o cuenta, que o lendário rio corrientes
Une o casal continente, pai brasil, mãe argentina

Compartilhe

(letra e música para ouvir) neste compasso da gaita do sapocay se bailava a noite inteira lá na costa do uruguai luz de candieiro, no cheiro da poloneira
Família Maicá, Canta 15 Anos De Saudade de Valdomiro Maicá

Com uma trajetória de sucesso Valdomiro Maicá em seu CD Família Maicá, Canta 15 Anos De Saudade, lançado em 2003, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Valdomiro Maicá.

Parceiros