Letra da música
A Volta do Peão
Os Farrapos

LP Disco de Ouro (1986)


Venho vindo de fronteira já vendi toda boiada
Fiz uma negocio muito bom trouxe a guaiaca recheada

Viajei a noite inteira pra chegar de madrugada
A trotezito no mais cheirando a poeira da estrada.

Paguei tudo as minhas contas e sobrou um bom dinheiro
Quero comprar umas terras do capataz e fazendeiro

Já rodei muitas fazendas sem nunca ter paradeiro
Vou dar jeito de casar, cansei da vida de solteiro

Vou construir um ranchinho la na costa do capão
Para morar com prenda que prometi meu coração.

Vou largar na invernada o me cavalo alazão
Já cansado do lombilho e eu da vida de peão


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

GUAIACA: Cinturão de gaúcho, com algibeiras.

CAPATAZ: Segunda autoridade de um estabelecimento rural (Estância, Fazenda ou Grânja), de uma Tropa ou de uma Charqueada.

PARADEIRO: Lugar onde os animais costumam parar.

CAPÃO: Tem dois sentidos: pode ser um bosque e também pode ser um animal macho castrado (sem os testículos).

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

INVERNADA: Subdivisão de uma Fazenda; designa também, departamento de um CTG (Entidade Tradicionalista).

LOMBILHO: Espécie de arreio antigo.

PEÃO: Operário de estabelecimento rural ou associado de entidade tradicionalista.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Venho vindo de fronteira já vendi toda boiada Fiz uma negocio muito bom trouxe a guaiaca recheada Viajei a noite inteira pra chegar de madrugada
Disco de Ouro de Os Farrapos

Com uma trajetória de sucesso Os Farrapos em seu LP Disco de Ouro, lançado em 1986, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Farrapos.

Parceiros