Letra da música
Mais Andanças
Os Serranos

LP Bandeira dos Fortes (1988)


Esta música está disponível para ouvir

Mais andanças já fiz pelos rincões
Tocando gaita e tocando minhas canções
E dos amigos recebendo sempre apoio
E junto dela tendo noites de emoções
Nas camperiadas atravessei muitos pagos
Bem a cavalo sempre fiz questão de estar
Para poder cumprir meus compromissos
Com quem contrata os serranos para tocar

Lindos bailes toquei no¬ Rio de Janeiro, CTG Desgarrados do Pago.
Em Brasília no clube do exercito e na estância gaúcha do planalto.

Em Santa Rosa já toquei no musicanto
Em Santa Maria clube doze com povo
Na sexta feira fandangueei no piá do sul
Em três coroas querência do mundo novo.
Em Santo Augusto CTG Pompilio Silva
Em Novo Hamburgo sociedade lomba grande
Getúlio Vargas lá no tropilha crioula
Em faxinal no coração do rio grande.

Ainda em Novo Hamburgo nas noites gaúchas da ginástica e da sociedade esperança.
Em São Leopoldo nas domingueiras alegres no grêmio de sub-tenetes e sargentos.
E no alegrete clube caixeral, no baile da bombacha.

Em São Leopoldo no estância da amizade
Toque em Barrama CTG espora de prata
Em Jacutinga CTG rincão amigo
De todos eles a saudade quase mata
São Valentim clube caramuru
Em Pejuçara clube pejusarense
Rio de Janeiro lá no clube monte líbano
E em Cruz Alta já toquei no cruzaltense

Na capital gaúcha que fandangaços já toquei no clube farrapos, na sogipa e no clube dos artistas.

Toquei em Agudo lá no clube centenário
Também toquei no guarani da vacaria
Toquei no grêmio Niterói lá de Canoas
Na sociedade arroio do salto e alegria
Em Campo Bom já toquei no campo verde
No tiro e caça e no gramadense
E em Canela já toquei no celulose
E em Osório Grêmio Atlético Osoriense

Com que alegria me lembro dos bailes que toquei para seis em diversas cidades e das festas dos motoristas em são marcos e Veranópolis.

Toquei fandango em pagos catarinenses
Em São Lourenço no amizade sem fronteiras
E em Gaspar lá no coração do vale
E nos praianas, São José a noite inteira
Itupuranga linda festa da cebola
Clube Aimore toquei em ponte serrada
Em São Miguel toquei no porteira aberta
Rasgando a gaita até o fim da madrugada

Os lindos pagos de Santa Catarina, lembro Bom Jardim, CTG presilia da serra,
lembro Ceará, Chapecó, maravilha. Em concordia associação sadia.
Em campos novos CTG Fioravante Moraes e ainda em Blumenau na grande festa do cavalo.

Nunca me esqueço que toquei no Paraná
Para o charrua lá na Foz do Iguaçú
Toquei em Pitanga CTG tropeiro velho
Grande rodeio lá em Guarani-açu
Rincão serrano lá em Laranjeira do Sul
Em Curitiba lá no vinte de setembro
Clube asa branca em São José dos Pinhais
Cada vez mais desses fandangos eu me lembro

De Curitiba lembro o clube Del Rei, e na lapa CTG cavalo branco.
No Mato Grosso que saudade da gauchada, no CMTG Bento Gonçalves de Cuiabá, no clube do laço na linda São Gabriel do Oeste.

A todos os outros lugares que toquei eu agradeço pedindo que deus que permita reviver um dia os momentos de fraternidade e alegria que juntos, companheiros vivi.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

POVO: Vila, distrito.

PIÁ: Guri.

TROPILHA: Coletivo de cavalos.

RINCÃO: Lugar isolado em fundo de campo.

VACARIA: Grande quantidade de vacas

FANDANGO: Denominação genérica do Baile Gaúcho.

PORTEIRA: Espaço seccionado numa cerca.

CHARRUA: Um dos povos guaranys pertencentes à nação dos pampeanos.

RODEIO: Reunião para cuido, que se faz do gado.

LAÇO: Apero (acessório) trançado de couro cru, composto de argola, ilhapa, corpo e presilha.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Mais andanças já fiz pelos rincões Tocando gaita e tocando minhas canções E dos amigos recebendo sempre apoio E junto dela tendo noites de emoções
Bandeira dos Fortes de Os Serranos

Com uma trajetória de sucesso Os Serranos em seu LP Bandeira dos Fortes, lançado em 1988, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Serranos.

Parceiros