Letra da música
Bandeira dos Fortes
Os Serranos

LP Bandeira dos Fortes (1988)


Esta música está disponível para ouvir

Acorda Rio Grande desperta do sono
É descaso que fazem é grande o abandono
Pobreza nos trazem levando a riqueza
Não há pão na mesa perdeste o entono

Te espelha Rio Grande em passado de glória
São dados reais que a história ilustra
Os teus generais e farrapos briosos
Lutaram furiosos a causa era justa

Rio Grande Rio Grande o protesto está feito
Brasília devolva o que temos direito
Rio Grande Rio Grande batemos no peito
Devolvam devolvam o que temos direito

Levanta Rio Grande sacode tua gente
Que se humilha à toa e sofre calada
A causa é boa lutemos por ela
Entre a verde amarela a vermelha estampada
Meu canto Brasil
Está perene de fé
De conciliação e de democracia
Meu canto é a razão de quem vive sangrando
Mas não sei até quando eu suporto a sangria


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

FARRAPOS: Alcunha pejorativa dada pelos imperialistas, aos rebeldes e revolucionários de 1835 / 45.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Acorda Rio Grande desperta do sono É descaso que fazem é grande o abandono Pobreza nos trazem levando a riqueza Não há pão na mesa perdeste o entono
Bandeira dos Fortes de Os Serranos

Com uma trajetória de sucesso Os Serranos em seu LP Bandeira dos Fortes, lançado em 1988, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Serranos.

Parceiros