Letra da música
Baita Gata
Sidnei Lima

LP Raízes dos Pampas - Vol 2 (1979)


Eu fui tocar num fandango, jamais esqueço esta data
Lá pras bandas da fronteira num tal rincão da cascata
Tinha uma prenda lindaça uma dessas meia chata
Só dançava neste baile com quem usasse gravata
Só se ouvia o comentário : - olha só que baita gata.

Que baita gata, que baita gata;
Que coisa, mais linda, mas que baita gata.

Olhou pra mim e sorriu aquela flor de mulata
Eu pensei comigo mesmo esse sorriso me mata
Um dos colegas me disse vai firme que é mamata
Era filha de chimango com mescla de maragato
Eu quisera ser um gato pra aranhar toda essa gata.

Mandaram parar o baile sem saber do que se trata
Chegou a dona da casa a velhinha Fortunata
Nos convidou pra jantar café, linguiça e batata
E me deu um baita soluço nesta hora bem exata
E quase que me engasguei de tanto pensar na gata.

Tinha um velho nesse baile dançando de alpargata
Colocou um óculos de aumento e se pinchou na mulata
Foi aí que decidi contra todos bater chapa
Tomei conta da chinoca naquela hora exata
Deixei os outros babando e sai de braço com a gata.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

RINCÃO: Lugar isolado em fundo de campo.

PRENDA: Jóia, relíquia, presente (dádiva) de valor; em sentido figurado, é a moça gaúcha porque ela é jóia do gaúcho.

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

CHIMANGO: Ave rapinídea; alcunha dada em 1915, aos Borgistas (usuários do lenço branco com nó comum).

BAITA: grande, crescido; (Se usa em outras partes do Brasil)

CHINOCA: Guria que se pilcha de bota e bombacha ao invés do vestido de prenda, prenda que passou dos 30 anos.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu fui tocar num fandango, jamais esqueço esta data Lá pras bandas da fronteira num tal rincão da cascata Tinha uma prenda lindaça uma dessas meia chata Só dançava neste baile com quem usasse gravata
Raízes dos Pampas - Vol 2 de Sidnei Lima

Com uma trajetória de sucesso Sidnei Lima em seu LP Raízes dos Pampas - Vol 2, lançado em 1979, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Sidnei Lima.

Parceiros