Letra da música
Bochinchando
Os Reis do Fandango

CD Madrugada Serrana (2013)


Rosilho bem encilhado, badana e pelego novo
e na casca de ovo, ajoujado na guaiaca
pra emparceirar uma faca, de fibra marca coqueiro
de peleguear bochincheiro e fazer touro virar vaca

pro bochincho me boleio, estufado de confiança
que esse xirú hoje dança com a mais linda do salão
e se a filha do patrão, se arreganhar pro meu lado
não me faço de rogado, meto o peito e dou de mão bis

(hoje estou disposto a tudo envergo a melhor bombacha
nas botas eu taco graxa e me englostoro as melenas
encharco no trago as penas na guaiaca dou um desfalque
e depois tiro o recalque nos braços de uma morena)
e depois tiro o recalque nos braços de uma morena)

mal se chega e é um abraço de tanta china bonita
dessas que as ancas agita maliciando o pensamento
e eu me achico num momento, fico embevecido ao vê-las
divido tropas e estrelas ponteando no firmamento

vou preparar o meu laço e apartar uma pra mim
sento a marca e digo sim e volto às lides de campeiro
no meu rancho de posteiro, um chimarrão e carinho
vendo um bando de piazinhos a correr no meu terreiro

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Rosilho bem encilhado, badana e pelego novo e na casca de ovo, ajoujado na guaiaca pra emparceirar uma faca, de fibra marca coqueiro de peleguear bochincheiro e fazer touro virar vaca
Madrugada Serrana de Os Reis do Fandango

Com uma trajetória de sucesso Os Reis do Fandango em seu CD Madrugada Serrana, lançado em 2013, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Reis do Fandango.

Parceiros