Letra da música
Barquinho do Amor
Os Filhos do Rio Grande

LP Pra Ninguém Botar Defeito (1980)


Botei meu barquinho no mar pra navegar
Convidei o meu amorzinho para nós ir passear
Pra não temer a onda e não ter perigo não
Eu levei pra remar um remador de profissão.

Rema, rema, rema, rema , rema remador
Rema, rema, rema, rema, com calma por favor
Pode deixar que a maré venha beijar meu barquinho
Eu também quero beijar os lábios do meu benzinho.

Meu amor tava com medo de andar no meu barquinho
Eu disse pro remador, rema bem de vagarinho
E quando nos chagamos bem lá no meio do mar
O meu amor ficou com medo do barquinho virar.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Botei meu barquinho no mar pra navegar Convidei o meu amorzinho para nós ir passear Pra não temer a onda e não ter perigo não Eu levei pra remar um remador de profissão.
Pra Ninguém Botar Defeito de Os Filhos do Rio Grande

Com uma trajetória de sucesso Os Filhos do Rio Grande em seu LP Pra Ninguém Botar Defeito, lançado em 1980, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Filhos do Rio Grande.

Parceiros