Letra da música
A Volta Do Andarilho
Os Filhos do Rio Grande

CD Tem Café no Bule (1998)


Os filhos do rio grande


valsa




depois da andar de cidade em cidade


como um andarilho triste a caminhar


como uma abelha procurando a flor


por meu amor viva a procurar.


quase dois anos andei pelo mundo


levando comigo uma negra sorte


sem esperança de achar eu amor


pedi a deus que me mandasse a morte.




mas certo dia cansaço e com fome


cheguei nua casa pra pedir comida


pra minha surpresa e pra minha alegria


quem abriu a porta foi minha querida.


com a barba grande e o cabelo comprido


o meu amor não me reconheceu


ela jamais poderia pensar


que aquele andarilho a sua frente era eu.




mostrei no pescoço lindo crucifixo


que ela um dia meu deu de presente


quando ela gritou o meu nome


correu pros meus braços e chorou de contente.


aqueles que viram não dois abraçados


eu sendo andarilho olharam com pavor


eles não sabiam que aquele abraço


era o reencontro do nosso amor.




voltei para casa abracei mamãezinha


beijei o seu rosto alegre sorridente


hoje eu não sou mais um andarilho triste


eu sou um moço feliz novamente


ao meu amor eu dei uma aliança


e muito breve iremos casar


vamos viver pra sempre juntinhos


somente a morte vai nos separar.


Compartilhe

(letra e música para ouvir) Os filhos do rio grande valsa
Tem Café no Bule de Os Filhos do Rio Grande

Com uma trajetória de sucesso Os Filhos do Rio Grande em seu CD Tem Café no Bule, lançado em 1998, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Os Filhos do Rio Grande.

Parceiros