Letra da música
Bolicho Do Pedro
Gerson Mattos

CD Nas Asas da Poesia (2011)


(Letra: Luiz Duarte/Claudio Duzac | Música: Lincon Ramos)

A venda ainda é palanque no mesmo lugar de um dia
O velho Pedro é atendente e o sorriso é garantia
Me lembro quando piá, de vez em quando comprava
No bicho jogava a sorte pra ver se a vida mudava

Os tempos hoje são outros, mas o Pedro não percebe
Pois o bolicho é o mesmo e a mesma canha se bebe

A marca deste comércio é respeito e honestidade
As mágoas ficam de fora e dentro é só amizade
O bolicho é referência pras crias do lugarejo
No meu sagrado ritual, me benzo no gargarejo

Os tempos hoje são outros, mas o Pedro não percebe
Pois o bolicho é o mesmo e a mesma canha se bebe

Compartilhe

(letra e música para ouvir) (Letra: Luiz Duarte/Claudio Duzac | Música: Lincon Ramos) A venda ainda é palanque no mesmo lugar de um dia O velho Pedro é atendente e o sorriso é garantia
Nas Asas da Poesia de Gerson Mattos

Com uma trajetória de sucesso Gerson Mattos em seu CD Nas Asas da Poesia, lançado em 2011, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Gerson Mattos.

Parceiros