Letra da música
Assim Que Sou
Pedro Campero e Grupo Voz Galponeira

CD Vanera Pro Meu Neto (2013)


Zé moraes

nesse toque de cordeona tou chegando companheiro
num trotezito faceiro pra cantar aqui estou
deste jeito assim me vou cantando prste ricão
através desta canção vou contar quem é que sou
nasci na lida pesada no sistema bem campeiro
e desde guri parceiro meu destino foi traçado
sou igual berro do gado nas coxillhas entoando
pingo mouro galopando nu trotezito largado

eu cresci solto no mundo sem maneia nem buçal
um quera macho e bagual porque a liberdade é minha sina
andando sem atrapalho assim com sopra o vento
balançando o pensamento e o coração de alguma china
o mundo é minha escola pois eu fui criado guaxo
faço tudo o que eu acho e ninguém muda meu jeito
conselho eu não aceito se fosse bom se vendia
talvez eu até diria que este mundo era perfeito

sou a própria natureza que todo mundo conhece
Água da sanga que desce largada lançante a fora
sou o andar do tropeiro que passou por este chão
assobiando uma canção no compasso das esporas
sou o toque da cordeona alegrando um coração
junto ao fogo de chão do galpão de uma querência
sou o pinheiro que cresce devagar entre as palmeiras
sou rangido da porteira da invernada da existência

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Zé moraes nesse toque de cordeona tou chegando companheiro num trotezito faceiro pra cantar aqui estou
Vanera Pro Meu Neto de Pedro Campero e Grupo Voz Galponeira

Com uma trajetória de sucesso Pedro Campero e Grupo Voz Galponeira em seu CD Vanera Pro Meu Neto, lançado em 2013, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Pedro Campero e Grupo Voz Galponeira.

Parceiros