Letra da música
Cevando O Amargo
Ernesto Fagundes

CD A Hora do Mate (2001)


Amigo boleia perna
puxe banco vai sentando
encoste a palha na orelha
e o criolo vai picando

enquanto a chaleira chia
o amargo eu vou cevando
enquanto a chaleira chia
o amargo vou cevando

foi bom você ter chegado
eu tinha que lhe falar
um gaúcho apaixonado
precisa desabafar

chinoca fugiu de casa
com meu amigo joão
bem diz que mulher tem asa
na ponta do coração

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Amigo boleia perna puxe banco vai sentando encoste a palha na orelha e o criolo vai picando
A Hora do Mate de Ernesto Fagundes

Com uma trajetória de sucesso Ernesto Fagundes em seu CD A Hora do Mate, lançado em 2001, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Ernesto Fagundes.

Parceiros