Letra da música
A Espera de um Retorno
Wilson Paim

CD Coisas do Coração (1996)


Venta forte no oitão do velho rancho
Um vento frio que trás a marca da saudade
De uma chinoca que partiu sem ter porquê
Deixando em mim, só tristeza e ansiedade

(Refrão)
Cambona chiando no braseiro o chimarrão
Pra ver se troco esta dor por esperança
Ainda sinto o perfume desta china
Em cada canto do meu rancho, uma lembrança,
Mas o amargo do meu peito é bem maior
Do que o mate que eu sorvo com carinho
O meu inverno já não tarda a começar
Fica mais frio, quando a gente está sozinho
Tenho certeza do retorno e não me engano
Todos estes anos eu vivi a te esperar
Quando chegares, vou fechar todas as portas
O que importa é que voltaste pra ficar

Daí, então, o vento forte que era frio
Será pretesto pra eu me aconchegar
Nesta chinoca que eu amava e que partiu,
Mas desistiu e retornou pra me amar

(Repete o Refrão)

Quando chegares, vou fechar todas as portas
O que importa é que voltaste pra ficar.


Algumas palavras contidas nesta letra estão em nosso dicionário de gauchês

MATE: Só é mate se tiver algum jujo (chá) junto com a erva.

CAMBONA: Pava

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Venta forte no oitão do velho rancho Um vento frio que trás a marca da saudade De uma chinoca que partiu sem ter porquê Deixando em mim, só tristeza e ansiedade
Coisas do Coração de Wilson Paim

Com uma trajetória de sucesso Wilson Paim em seu CD Coisas do Coração, lançado em 1996, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Wilson Paim.

Parceiros