Letra da música
Zé Maria
Teixeirinha

LP Entre a Cruz e o Amor (1971)


Aquele rancho tapera
vou lhe contar meu irmão
já foi o rancho mais lindo
de toda esta região
o serrano Zé Maria
homem de boa intenção
para uma linda mulher
ele deu seu coração
da sua triste história
sorria na vitória
chorou na traição

quando ele soube de tudo
transformou a sua vida
mandou sua amada embora
e se atirou na bebida
a gente de longe ouvia
a sua voz dolorida
no braço do violão
clamava a mulher querida
o serrano Zé Maria
cantava e bebia com a alma partida

o serrano Zé Maria
o seu pulmão atacou
bebendo e pensando nela
recurso não procurou
já era tarde demais
quando os amigos chegou
sua última palavra
o nome dela exclamou
e erro da mulher amada
ele sem falar mais nada
de coração a perdoou

o rancho virou tapera
daquele jeito meu mano
as flores também murcharam
de saudade do serrano
a mulher que ele amou
hoje é um farrapo de pano
e a calçada da traição
também lhe deu desengano
como destino engana
quando a gente ama um coração tirano.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Aquele rancho tapera vou lhe contar meu irmão já foi o rancho mais lindo de toda esta região
Entre a Cruz e o Amor de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Entre a Cruz e o Amor, lançado em 1971, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros