Letra da música
Aniversário Do Janguinha
Teixeirinha

LP Doce Coração de Mãe (1968)


Eu recebi uma carta
um dia pela tardinha
curioso abri o envelope
corri os dedos na linha
já conheci pela letra
que era do seu janguinha
eu estou de aniversário
traz o violão teixeirinha
pediu que eu fosse e levasse
junto a mari terezinha

vamos mari terezinha
o janguinha prometeu
de pagar nossa despesa
chegamos na sua festa
a noite era uma beleza
a mari correu os dedos
no teclado com firmeza
prá mostrar que ra nós mesmos
cantei com delicadeza

o janguinha bateu palmas
e o povo nos avistou
eu só ouvia o murmúrio
o teixeirinha chegou
meu violão conversava
cantei a mari cantou
a gaita falava junto
o baile já começou
e o meu amigo janguinha
com a sua esposa dançou

quando foi de madrugada
uma dupla se entrevera
querendo cantar melhor
nos preparando uma espera
entramos no desafio
não aguentaram a atmosfera
mostrei prá eles quem sou
a mari mostrou quem era
quem nos provoca cantando
não dá boa noite em tapera

deus fez o diabo juntou
a nossa mentalidade
quando a festa terminou
eu reparti a metade
com a mari terezinha
que toca barbaridade
eu disse prá companheira
no caminho prá cidade
a festa do seu janguinha
sempre vai deixar saudade.

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Eu recebi uma carta um dia pela tardinha curioso abri o envelope corri os dedos na linha
Doce Coração de Mãe de Teixeirinha

Com uma trajetória de sucesso Teixeirinha em seu LP Doce Coração de Mãe, lançado em 1968, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Teixeirinha.

Parceiros