Letra da música
Canção da Volta
Porca Véia

CD Cordeona de Alma Viva (2001)




Faz pouco que te conheço
Mas parece tanto tempo
De tanto pensar em ti
Vives no meu pensamento
Já cansei de tanta espera
Não aguentava o tormento
Já cansei de tanta espera
Não aguentava o tormento

Hoje eu vim para te ver
Por isso que estou aqui
Larguei de todas as coisas
Que tive antes de ti
Vim correndo pros teus braços
Que nunca mais esqueci
Vim correndo pros teus braços
Que nunca mais esqueci

Os teus olhos se confundem
Com as cores do céu e mar
E tuas mãos são tão suaves
Como gaivota a voar
É toque de brisa mansa
O meu rosto a acariciar
É toque de brisa mansa
O meu rosto a acariciar

Este teu corpo macio
Que no meu quer se enroscar
Me envolvendo docemente
Como ondas calmas do mar
Parece um capão de mato
Onde eu posso descansar
Parece um capão de mato
Onde eu posso descansar

Me aprofundo no teu corpo
Viramos um corpo só
Um só perfil no horizonte
Estradas do mesmo pó
Que segue o mesmo caminho
Deixando a tristeza só
Que segue o mesmo caminho
Deixando a tristeza só
Que segue o mesmo caminho
Deixando a tristeza só

Compartilhe

(letra e música para ouvir) Faz pouco que te conheço Mas parece tanto tempo
Cordeona de Alma Viva de Porca Véia

Com uma trajetória de sucesso Porca Véia em seu CD Cordeona de Alma Viva, lançado em 2001, reporta ao público músicas que reforçam a grandeza e o orgulho pela tradição de cultuar o que é do Sul. Acompanhe e divulgue a música do RS ao som de Porca Véia.

Parceiros